Make your own free website on Tripod.com

pentagon
Revolução Russa

Home

Guerra do Vietna
Israel
A Guerra no Oriente Médio
Fatos & Fotos
Cruzadas
Segunda Guerra
Guerra Fria
Revolução Russa
Primeira Guerra
Revolução Francesa
Expansão Napoleônica
Evolução Histórica
Contate-me

Revolução Russa

Revolução Russa (1917) No inicio do século XIX a Rússia possuia 22 milhões de quilômetro quadrados, 100 milhões de habitantes e mostrava um grande atraso economico, social, cultural e político em relação aos outros países da Europa Ocidental. Sua economia era básicamente agrária (80% da população trabalhava nos campos) em regime semifeudal, a aristrocracia rural e o clero dominavam o controle das terras. Seu processo industrial se iniciou nas ultimas décadas do século XIX em sua maioria com capital estrangeiro (alemão, Inglês e francês), era extremamente concentrado em poucas capitais (onde viviam seis milhões de operários). O regime político da Rússia era o absolutismo totalmente arbitrário, enquanto na Europa ocidental era adotado o regime constitucional-parlamentar. Após sair da primeira guerra em Março de 1917 atuando ao lado da tríplice Aliança (Inglaterra, França e Rússia) contra as potências centrais (Alemanha e Império Áustro-Hungaro) a Rússia se encontrava semi-destruida mais de 1.700.000 mortos, 25% do total de industrias foram destruidos e 9% das areas cultivadas também destruidas. A atitude do Czar Russo Nicolau II de continuar na guerra acelerou o inicio da revolução e provocou a queda do regime czarista. Um levante popular conhecido como Revolução de fevereiro determinou a queda de Nicolau II e a derrubada da autocracia. É instalado o governo provisório. Em Setembro de 1917 é formada a Guarda Vermelha organizada por Leon Trótski, líder bolchevique, que foi eleito presidente do soviete de Petrogrado. Apoiada pela guarnição militar de Petrogrado a Guarda Vermelha toma o palácio do inverno (sede do governo provisório) e a queda de Kerenski. Nesta mesma noite Lênin sobe à trinuna e afirma "O exército de todo poder é transferido aos sovietes de deputados operários, camponeses, e soldados. Passamos agora à nova construção da nova ordem socialista". É estabelecido um novo governo, o conselho de comissários do povo, presidido por Lênin, que decreta a reforma agrária, a estatização de fábricas e e bancos. No início de 1918 uma guerra civil se inicia no país entre o exército branco (formados por setores interessados em reestabelecer o antigo regime), e o exército vermelho ( organizado por Trótski para lutar pela prezervação da nova ordem socialista). Inglaterra, França, Japão e E.U.A países interessados na restauração do capitalismo na Rússia interviram militarmente a favor do exército branco. Mesmo contando com o apoio destes países em 1921, a guerra civil chegava ao fim com a vitória do exército vermelho, com um saldo de 9 milhões de mortos. Ao final da guerra civil a Rússia se encontrava arrasada aprodução industrial reduzira 18% e a produção agricola 70%. A fome e a miséria dominava o país. Para promover a reconstrução economica do país Lênin adotou a política NEP (nova política econômica) que consistia parcialmente na restauração da economia de mercado e a adoção de uma série de medidas típicas do capitalismo. Ocorrendo então a existencia dos dois regimes capitalismo e socialismo nas empresas privadas e estatais, esta política durou até 1928 e trouxe resultados imediatos: em 1924 a produção agricola aumentou 50% e a produção agricola voltava aos seus indíces normais. Observe a tabela abaixo: cereais carvão aço Produção 1921 41.000.000 9.000.000 200.000 Produção 1928 75.000.000 60.000.000 5.500.000 Com a morte de Lênin em 1924 disputam pelo poder Trotski ( que apoiava a revolução permanente que defendia a expansão socialista para os países da Eupopa ocidental que isolava a Rússia comercialmente) e Stálin ( que defendia a teoria do socialismo de um país só. Que mesmo com o cerco realizado pelas potências capitalistas era possível a construção do socialismo apenas na Rússia Soviética. Em 1925 Trotski é destruido e em 1929 exilado da U.R.S.S enquanto isso processava-se a reconstrução ecônomica doa país através da NEP. Os planos Qüinqüenais A Ascensão de Stálin iniciou a adoção de uma nova política econômica, que se baseava no abandono da NEP e a adoção dos planos Qüinqüenais que consistiam no planejamento da reestruturação de setores de cinco em cinco anos. Os dois primeiros planos qüinqüenais tinham dois objetivos: o incentivo à industria pesada ( de base e equipamentos) e a coletivização da agricultura, na qual a propriedade privada foi substituida por enormes cooperativas. O sucesso dos planos qüinqüenais eram surpreendentes a produção de eletricidade subiu de 6 para 40 bilhões de KWh, a produção de carvão passou de 30 para 133 milhões de toneladas, a de petróleo, de 11 para 32 milhões. Em 1913 8 milhões pessoas estudavam em escola de todos os níveis em 1938 31,5 milhões. Assim enquanto o mundo capitalista sofria sucessivas crises econômicas a Rússia como uma ilha progredia isolada no cenário mundial dotada de grande infra-estrutura graças ao sucesso dos planos qüinqüenais dando a U.R.S.S um papel decisivo na vitória contra a Alemanha, cujo germes nazistas já se formavam